domingo, 27 de novembro de 2011

está faltando amor


O que está acontecendo com a verdadeira igreja de Deus? Na bíblia sagrada fala que a igreja Deus deve andar em comunhão constante, mais amor, mais ao passa do tempo o povo de Deus tem perdido esse amor, hoje dentro das igrejas está tendo separações, divisões, amor falso, serra que Deus está feliz com tudo isso. na verdade esta faltando o verdadeiro amor,em 1 primeiro corintios 13 fala do verdadeiro amor, Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse Amor, seria como o metal que soa ou como o sino que tine. E ainda que tivesse o dom da profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda a fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse Amor, nada seria. E ainda que distribuísse toda a minha fortuna para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, se não tivesse Amor, nada disso me aproveitaria. O Amor é paciente, é benigno; o Amor não é invejoso, não trata com leviandade, não se ensoberbece, não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal, não folga com a injustiça, mas folga com a verdade. Tudo tolera, tudo crê, tudo espera e tudo suporta. O Amor nunca falha. Havendo profecias, serão aniquiladas; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, desaparecerá; porque, em parte conhecemos, e em parte profetizamos; mas quando vier o que é perfeito, então o que é em parte será aniquilado. Quando eu era menino, falava como menino, sentia como menino, discorria como menino, mas, logo que cheguei a ser homem, acabei com as coisas de menino. Porque agora vemos por espelho em enigma, mas então veremos face a face; agora conheço em parte, mas então conhecerei como também sou conhecido. Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três; mas o maior destes é o Amor.

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

ENXURRADA DE CRIANÇA

ENXURRADA DE CRIANÇA

Sentados à beira do rio, dois pescadores esperam pelos peixes quando, de repente, gritos de crianças trincam o silêncio.

Assustam-se, procuram a origem dos berros, e eles vêm de onde menos esperam: da correnteza do rio, que trazia duas crianças pedindo socorro.

Os pescadores pulam na água e com muito esforço conseguem salvá-las, mas, ouvem mais berros e notam mais quatro crianças debatendo-se na água.

Desta vez, apenas duas são resgatadas. Aturdidos, os dois ouvem uma gritaria ainda maior. Mais quatro crianças vindo correnteza abaixo.

Um dos pescadores vira as costas ao rio e começa a ir embora.

O amigo exclama:
- Onde você vai? Está louco, não vai me ajudar?

Sem deter o passo, ele responde:
- Faça o que puder. Vou tentar descobrir quem está jogando as crianças no rio.




Não te deixes vencer do mal,
mas vence o mal com o bem.
Romanos 12.21

KAN GU RU

KAN GU RU


Conta-se que quando James Cook desembarcou na Austrália no século XVII, quis saber o nome de um estranho animal que vira perto do acampamento.

Os arborígenes, não entendendo o que o navegador inglês lhes perguntava, responderam: "Kan Gu Ru", que significa "não compreendo".

Desse mal-entendido, a origem do nome Canguru, dado ao animal mais famoso da Austrália.



Porque Deus não é Deus de confusão, mas sim de paz.
I Coríntios 14.33

A IGREJINHA

A IGREJINHA

Numa região de montanhas cobertas de neve, havia uma pequenina igreja no alto de um morro. Era uma linda construção, que chamava a atenção de todos. Um turista que visitava aquela cidade observou um fato curioso, aquele templo não tinha luz elétrica.

O gerente do hotel explicou-lhe:
- Um homem muito rico construiu aquele templo, doando-o à nossa comunidade. Em seu testamento, ele colocou a exigência de que nunca deveria haver energia elétrica naquele santuário. Contudo, hoje é dia de culto e o senhor poderá observar o que acontece.

Então, quando escureceu, aquele turista observou que uma luzinha surgira ali, outra acolá, todas subindo o monte rumo à igrejinha e, em dado momento, quando as luzinhas se encontraram dentro do templo, a igreja toda brilhou, espalhando luz em seu redor, espantando as trevas.



Vós sois a luz do mundo...
resplandeça a vossa luz diante dos homens,
para que vejam as vossas boas obras,
e glorifiquem a vosso Pai,
que está nos céus.
Mateus 5.14-16

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

O círculo do amor – A história de Bryan

O círculo do amor – A história de Bryan

Ele quase não viu a senhora com o carro parado no acostamento, mas percebeu que ela precisava de ajuda. Assim, parou o seu carro e se aproximou.

O carro dela cheirava à tinta de tão novinho.

Mesmo com o sorriso que ele estampava na face, ela ficou preocupada. Ninguém tinha parado para ajudar durante a última hora.

Ele iria aprontar alguma coisa? Ele não parecia seguro; parecia pobre e faminto.

Ele pode ver que ela estava com muito medo e disse: “- Eu estou aqui para ajudar madame. Por que não espera no carro onde está quentinho? A propósito, meu nome é Bryan".

Bem, tudo o que ela tinha era um pneu furado, mas, para uma senhora, era ruim o bastante.

Bryan abaixou-se, colocou o macaco e levantou o carro. Logo ele já estava trocando o pneu. Mas, ficou um tanto sujo e ainda feriu uma das mãos.

Enquanto ele apertava as porcas da roda ela abriu a janela e começou a conversar com ele. Contou que era de St. Louis e só estava de passagem por ali. Disse que não sabia como agradecer pela preciosa ajuda.

Bryan apenas sorriu, enquanto se levantava.

Ela perguntou quanto devia (qualquer quantia teria sido muito pouco para ela). Já tinha imaginado todas as terríveis coisas que poderiam ter acontecido se Bryan não tivesse parado.

Bryan não pensava em dinheiro. Aquilo não era um trabalho para ele. Gostava de ajudar quando alguém tinha necessidade. Este era seu modo de viver e nunca lhe ocorreu agir de outro modo. Ele respondeu:

“- Se realmente quiser me reembolsar, da próxima vez que encontrar alguém que precise de ajuda, dê para aquela pessoa a ajuda de que ela precisa”. E acrescentou: “... e pense em mim”. Ele esperou até que ela saísse com o carro e também se foi.

Tinha sido um dia frio e deprimido, mas ele se sentia bem, indo para casa, desaparecendo no crepúsculo.



Algumas milhas abaixo a senhora encontrou um pequeno restaurante. Ela entrou para comer alguma coisa. Era um restaurante um tanto sujo. A cena inteira era estranha para ela.

A garçonete veio até ela e trouxe-lhe uma toalha limpa para que pudesse esfregar e secar o cabelo molhado e lhe dirigiu um doce sorriso. Um sorriso que, mesmo depois de um dia inteiro de trabalho com os pés doendo, não pode apagar.

A senhora notou que a garçonete estava com quase oito meses de gravidez, mas ela não deixou a tensão e as dores mudarem sua atitude.

A senhora ficou curiosa em saber como alguém que tinha tão pouco na vida podia tratar tão bem a um estranho. Então se lembrou de Bryan.

Depois que terminou a refeição, enquanto a garçonete buscava troco para a nota de cem dólares, a senhora se retirou. Já tinha partido, quando a garçonete voltou. A garçonete ainda queria saber onde a senhora poderia ter ido quando notou algo escrito no guardanapo, sob o qual tinha mais 4 notas de cem dólares.

Havia lágrimas em seus olhos quando leu o que a senhora havia escrito.

Dizia: “Alguém me ajudou uma vez e da mesma forma eu a estou ajudando. Se você realmente quiser me reembolsar, não deixe este círculo de amor terminar em você”.

Bem. Havia mesas para limpar, açucareiros para encher e pessoas para servir. Aquela noite, quando foi para casa e deitou-se na cama, ficou pensando no dinheiro e no que a senhora deixara escrito.

Como pode aquela senhora saber o quanto ela e o marido precisavam disto?

Com o bebê para o próximo mês, como estava difícil. Ela virou-se para o preocupado marido que dormia ao lado, deu-lhe um beijo macio e sussurrou:

“- Tudo ficará bem, meu amor. Eu te amo Bryan”.



Pense nisso, e não feche esse círculo de amor.

AINDA QUE CAIA, NÃO FICARÁ PROSTRADO

AINDA QUE CAIA, NÃO FICARÁ PROSTRADO

Paul Wylie estava a patinar nas Olimpíadas de Inverno em 1988 em Calgary. Ele estava nervoso quando iniciou o seu programa perante 20.000 pessoas e uma audiência televisiva de milhões. Então, no seu primeiro salto, algo de errado aconteceu.

Ele escreveu: "Num segundo a minha mão toca no gelo; a lâmina não se segura. Começo a escorregar e agora compreendo: estou a cair. Tudo o que eu ouço ao me estatelar no gelo é o suspiro empático do que parece um milhão de vozes."

Wylie tinha que decidir em menos do que um segundo: Ele podia focar no erro e desistir, ou ele podia continuar a patinar e fazer o seu melhor.

Naquele instante esta passagem veio à sua mente: "Ainda que caia, não ficará prostrado" (Salmo 37:24).

Ele continuou o seu número e decidiu patinar "de todo o coração, como ao Senhor" (Colossenses 3:23). No fim do seu programa a multidão irrompeu num aplauso entusiástico pela sua coragem e determinação.


Como seguidores de Jesus, podemos ser atirados ao chão por um ataque mais forte. Pode morrer uma pessoa querida, ou podemos perder o emprego, ou podemos ser esquecidos para uma promoção. Podemos ser desanimados por uma queda no pecado. Uma coisa é cair e outra, completamente diferente, é desistir. Se nos levantamos de novo, reafirmamos a nossa fé em Cristo, e continuamos a servi-lo, não ficaremos "prostrados."




Ainda que caia, não ficará prostrado,
pois o Senhor o sustém com a sua mão.
Salmo 37.24

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Minha grama é mais verde! – Ilustração


Certo homem encontrou-se com um amigo, que era um grande e reconhecido poeta, e pediu-lhe:
- Olá, meu amigo… Que bom encontrá-lo. Estava pensando justamente em você. Vou vender o meu sítio, que você conhece tão bem. Poderia redigir para mim o anúncio do jornal?
O poeta, prontamente, apanhou o papel e escreveu:
“Vende-se encantadora propriedade, onde cantam os pássaros ao amanhecer no extenso arvoredo, cortada por cristalinas e marejantes águas de um ribeiro. A casa banhada pelo sol nascente oferece a sombra tranqüila das tardes, na varanda”.
- Ficou ótimo, meu amigo. Eu sabia que ninguém poderia fazer um anúncio melhor que você. Obrigado.
Meses depois, os dois se reencontraram e o poeta perguntou ao homem se já havia conseguido vender o sítio.
- Nem pense mais nisso, meu amigo. Quando cheguei em casa e li o anúncio para a minha esposa, descobrimos que somos donos de um pequeno paraíso.
Fonte: Site do Pastor

As 7 maravilhas do mundo – Ilustração

Um grupo de estudantes tinha que fazer uma lista das coisas que eles consideravam hoje as Sete Maravilhas do Mundo.
Depois de algumas discordâncias, foi feita uma lista com as mais votadas:
- As Pirâmides do Egito
- Taj Mahal
- Grand Canyon
- Canal do Panamá
- Empire States Building
- A Basílica de São Pedro
- A Muralha da China
Enquanto os votos eram recolhidos, a professora notou que uma aluna não tinha entregue o seu papel ainda. Ela veio na sua direção e lhe perguntou se ela estava tendo dificuldades.
“É, um pouco… respondeu a menina. Eu não consegui me decidir porque são tantas as maravilhas.” Então a professora disse-lhe: “Leia sua lista para nós… vamos ver se podemos ajudá-la”.
A menina hesitou um pouco, e leu: “Eu acho que as Sete Maravilhas do Mundo são:
- ver
- ouvir
- tocar
- saborear
- sentir
- rir
- e amar.”
[silêncio profundo na sala de aula]
Criou Deus o universo e viu que que era bom – Gênesis 1.10.
Criou Deus os vegetais e viu que era bom – Gênesis 1.12.
Criou Deus os animais e viu que era bom – Gênesis 1.21 e 24.
Criou Deus o Homem e a Mulher e viu que era MUITO bom – Gênesis 1.31
OBRIGADO, SENHOR!
Fonte: Site do Pastor

Quem dobrou seu pára-quedas hoje?"


Quem dobrou seu pára-quedas hoje?


Quem dobrou seu pára-quedas hoje? – Ilustração
Charles Plumb era piloto de um bombardeiro na guerra do Vietnã. Depois de muitas missões de combate, seu avião foi derrubado por um míssil.
Plumb saltou de pára-quedas, foi capturado e passou seis anos numa prisão norte-vietnamita. Ao retornar aos Estados Unidos, passou a dar palestras relatando sua odisséia e o que aprendera na prisão.
Certo dia, num restaurante, foi saudado por um homem:
- Olá, você é Charles Plumb, era piloto no Vietnã e foi derrubado, não é mesmo?
- Sim, como sabe?, perguntou Plumb.
- Era eu quem dobrava o seu pára-quedas. Parece que funcionou bem, não é verdade?”
Plumb quase se afogou de surpresa e com muita gratidão respondeu:
- Claro que funcionou, caso contrário eu não estaria aqui hoje. Muito obrigado!
Ao ficar sozinho naquela noite, Plumb não conseguia dormir, lembrando-se de quantas vezes havia passado por aquele homem no porta-aviões e nunca lhe disse nem um “bom dia”. Era um piloto arrogante e aquele sujeito, um simples marinheiro.
Pensou também nas horas que o marinheiro passou humildemente no barco enrolando os fios de seda de vários pára-quedas, tendo em suas mãos a vida de alguém que não conhecia.
Agora, Plumb inicia suas palestras perguntando à sua platéia: “Quem dobrou seu pára-quedas hoje?”.
Todos temos alguém cujo trabalho é importante para que possamos seguir adiante. Precisamos de muitos pára-quedas durante o dia: físico, emocional, mental, espiritual.
Jamais deixe de agradecer.

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Decepcionado com quem, mesmo?

Decepcionado com quem, mesmo?

Recebi uma carta de um jovem que está preso em uma cadeia em um dos estados do sul dos EUA. Este moço, condenado pela justiça, foi no passado um cristão consagrado, mas agora ele diz que está com raiva de Deus. Eis as suas palavras:

" - Estou enfiado em um buraco no meio do inferno, e creio que Deus vai me deixar aqui! Houve uma época quando quis seguir a Cristo de todo o meu coração. Mas havia um pecado que me oprimia, um pecado sexual. Eu tentava me arrepender, mas isso nunca deu certo. Eu lia minha Bíblia, estudava e orava, mas não adiantava. O meu pecado sempre era quem comandava. E agora estou preso em uma cadeia por muito tempo, devido a ele.

"Desisti da luta espiritual. Parece que não adianta se esforçar. Deus livrou-me das drogas e do álcool, quando eu era um recém-convertido, mas, por que Ele não levou a minha luxúria sexual?

Todas as páginas da carta deste homem eram cheias de amarguras contra Deus. Ele havia permitido que o seu ressentimento se transformasse em uma ira totalmente exposta!

Vejo uma ira igual entre um número crescente de ministros. Eles ficaram desiludidos, desgastados, zangados com Deus, e agora estão abandonando os seus chamados.

Quando se lhes pergunta por que, eles respondem: " - Eu fui diligente, fiel; eu dei o melhor de mim. Mas quanto mais eu me esforçava, menos resultados eu via. A minha congregação não era reconhecida e todas as minhas orações pareciam ser em vão. Chegou uma hora em que tudo aquilo que eu pregava soava falso, pois que não estavam funcionando na minha própria vida. Agora estou deixando o ministério até que eu consiga resolver estas coisas."


Fonte: David Wilkerson - Copyright © 1999 by World Challenge, Lindale, Texas, USA.




Se tivesse feito o que é certo, você estaria sorrindo;
mas você agiu mal, e por isso o pecado está na porta, à sua espera.
Ele quer dominá-lo, mas você precisa vencê-lo.
Gênesis 4.7 (NTLH)


Por que nos queixarmos da vida
quando somos castigados por causa dos nossos pecados?
Lamentações 3.39 (NTLH)

“A Universal está em decadência”, diz pastor Marco Feliciano em entrevista exclusiva. “Admirava o Macedo, até acreditava na sua fé”.

“A Universal está em decadência”, diz pastor Marco Feliciano em entrevista exclusiva. “Admirava o Macedo, até acreditava na sua fé”.

O programa deu continuidade a um ataque do bispo contra o Movimento Pentecostal no Brasil. Edir Macedo havia criticado os movimentos pentecostais no dia 8 de setembro, quando publicou em seu blog vídeos em que faz comparações das manifestações pentecostais a Centros Espíritas.
A reportagem da Record gerou indignação de muitos evangélicos. Pastores, cantores, professores de teologia e mesmo não evangélicos criticaram a transmissão da Record por abordar um tema religioso.
O pastor Renato Vargens, da Igreja Cristã da Aliança, fez comparações entre os ritos da igreja Universal e as práticas na igreja Católica em seu blog. Ele ainda comentou que ”rejeita o cai-cai como prática pentecostal, mas não reconheço o bispo Macedo como autoridade espiritual, moral e ética para o que fez”.
O correspondente Michael Caceres entrevistou o pastor Marco Feliciano e a psicóloga Marisa Lobo. Para o pastor Marco Feliciano “A rede Record está desesperada por audiência e a igreja Universal por membros” comentou o pastor. “Eles estão em decadência”.
“A IURD vive um tempo de decadência. Eles ganham almas, mas não são hospital, são pronto socorro. Após se converterem lá as pessoas vem para o Pentecostalismo, que tem uma resposta carismática com devoção bíblica e crença no sobrenatural, disse Marco Feliciano.
Leia a entrevista com o pastor Marco Feliciano na integra:
Michael Caceres – O senhor assistiu a reportagem?
Marco Feliciano – Não. Ainda não assisti, mas sei que foi semelhante ao que o Edir publicou no blog. Eu respondi a crítica dele em um vídeo.
Michael Caceres – Eles voltaram a mostrar aquele episódio dos Gideões, em que o senhor está pregando. Disseram que tinha um homem no púlpito que ficou assustado com a cena. O senhor acha que o bispo Edir Macedo está tentando ridiculariza-lo?
Marco Feliciano – No vídeo eu não faço nada. É o moço que sai rodando. Eu já respondi ao Edir Macedo quando recebi o vídeo que ele me enviou do blog. Vou ser mais pragmático. Ele Não quer só ridicularizar ele quer criar duvida na mente do povo simples e humilde.
Michael Caceres – Já debateu pessoalmente com o Macedo? Qual sua posição quanto ao líder da Universal?
Marco Feliciano – Nunca até porque eu sempre o admirei. Creio na fé que ele prega, que Deus atende sacrifícios. Mas agora estou com ojeriza, repulsa, nojo mesmo. Pois ele fere uma multidão de pessoas que oraram por ele e contribuíram para comprar essa emissora que agora presta esse desserviço a fé brasileira.
Michael Caceres – Eles usaram a “Teologia de Toronto” pra tentar ter base para as críticas ao Movimento Pentecostal, fizeram até uma entrevista com o fundador. Acredita que o povo está vendo esta tentativa do Edir em ridicularizar o pentecoste?
Marco Feliciano – E a teologia mística e sincrética deles? Catolicismo com água benta, umbanda com sal grosso? O q esperar de um líder que aprova o aborto, fala publicamente que bebe socialmente e agora chama de demônio uma obra feita pelo Espirito? Vou orar por ele, ficou cego!
Já para a psicóloga Marisa Lobo, apesar da “histeria coletiva apresentada na reportagem da Record, o corpo se não tiver subordinado ao Espírito, de qualquer forma haverá apenas uma emoção, sem nada de espiritual”, comentou a psicóloga.
Leia trechos da entrevista:
Michael Caceres – Doutora Marisa, a senhor foi uma das primeiras a criticar a Record logo que passou a transmissão da reportagem. Para a senhora é possível uma pessoa ser induzida a um estado de transe a ponto de perder o controle do corpo por conta da emoção?
Marisa Lobo – A forma como alguns pastores, muitas vezes usam e mexem com o emocional das massas, gera uma catarse, e pode sim promover uma histeria coletiva. Isso se dá de diversas formas por causa de sentimentos, personalidades, principalmente em mulheres. Temos que ter cuidado para saber discernir o que pode ser apelação daquilo que é realmente espiritual.
Muitas manifestações são extremamente atrais, e isso é um fato, a responsabilidade disso é nossa também, pois esperamos coisas de Deus que não são bíblicas. A verdadeira revelação de Deus está na Palavra. Se lêssemos à Bíblia, como a carregamos, saberíamos discernir se estas manifestações são teatrais ou se são espirituais.
Michael Caceres – Então a senhora acredita que pode haver manifestação espiritual e sugestão psicológica?
Marisa Lobo – Alguns pastores sabem bem como promover, alimentar esse descontrole emocional, e como causar a sugestão psicológica, que é uma manifestação, e não unção de Deus. Como também existe o manifestar do Espírito Santo, mas ainda assim, sujeito a subordinação do corpo.
Michael Caceres – Então existem exageros? Pode haver uma sugestão psicológica e não o manifestar do Espírito Santo?
Marisa Lobo – Nenhum pastor pentecostal sensato concorda com os exageros e não deixam de manifestar sua indignação, principalmente os pentecostais, sabem que existem sim, os aproveitadores e lutam e repudiam, não são alienados. Como psicóloga eu tenho que reconhecer que existem os dois lados e que estas manifestações devem ser profundamente avaliadas.

“Edir Macedo está desesperado”,



“Edir Macedo está desesperado”, diz Silas Malafaia sobre a reportagem da Record
O pastor assembleia diz que esses ataques são para frear a saída dos seus fiéis para igrejas pentecostais


“Edir Macedo está desesperado”, diz Silas Malafaia sobre a reportagem da Record
Conforme prometeu em seu Twitter, o pastor Silas Malafaia resolveu comentar em um vídeo a respeito da reportagem do programa Domingo Espetacular que foi ao ar no último domingo criticando o que eles chamam de “unção do cai cai”.
O vídeo começa com o pastor assembleiano dizendo que não vai repetir o que ele já falou na primeira vez que respondeu ao vídeo de Macedo que questionava a diferença entre custos pentecostais e cultos de religiões afro-brasileiras.
“Só um detalhe: quanta gente já fez fogueira santa, corrente dos 318, manto, arruda e não aconteceu nada?”, questiona Malafaia dizendo que o argumento usado pelas personagens da matéria do programa da Record são fracos.
A reportagem que passou durante o horário nobre da emissora ligada à IURD é um desdobramento da polêmica gerada meses atrás por Edir Macedo e outros bispos da Igreja Universal do Reino de Deus que criticaram as igrejas pentecostais.
“Quando é que vocês viram durante no horário nobre, 22 horas, uma programação na Rede Record para exaltar a Deus? Domingo, 22 horas eles ridicularizam o movimento pentecostal e a igreja evangélica como se eles conseguissem ficar de fora”, opina Malafaia.
O líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo critica mais uma vez a programação da emissora que é financiada pelos dízimos e ofertas dos membros da Universal. “Como e que você pode dar dízimo e oferta para uma TV que está sendo usada para profanar?”.
Silas Malafaia termina dizendo que Macedo está desesperado pela perda de fiéis. “Ele está desesperado, ele fez isso na tentativa de frear a saída do povo dele para as igrejas neopentecostais e pentecostais, porque a porta de saída é maior do que a de entrada”.

Record ataca cantora evangélica protegida da Globo


Record ataca cantora evangélica protegida da Globo
Reportagem no Domingo Espetacular


A Record destinou quarenta minutos do "Domingo Espetacular" do último dia 13 para atacar as igrejas evangélicas pentecostais. A reportagem exibida pela emissora tinha como objetivo criticar cultos que promovem uma prática chamada "cair no espírito". Na teoria, quando um pastor imbuído do espírito santo toca a cabeça de alguém, esta pessoa literalmente cai no chão com o "peso" da graça. A matéria revoltou muitos evangélicos. No Twitter, a hashtag #vergonharecord foi parar entre os assuntos mais comentados do país.

Os ataques se concentraram principalmente na cantora Ana Paula Valadão, uma das maiores vendedoras de discos de música gospel no país e contratada da Som Livre, braço fonográfico da Rede Globo. Pouco depois disso, o bispo Edir Macedo foi a público afirmar que alguns cantores evangélicos estavam "endemoniados". A reportagem exibiu um vídeo em que um pastor da Finlândia pôs as mãos sobre a cantora e seu pai, o Pastor Márcio Valadão, fazendo-os cair. Coincidência ou não, Ana Paula é um dos nomes cotados pela Globo para aparentar um programa voltado ao público evangélico no ano que vem. A artista é também uma das atrações do "Festival Promessas", que o canal exibirá em 18 de dezembro.

Esta é a terceira vez que a emissora promove ataques a Ana Paula. Nos bastidores da Record, há que, diga que a campanha antipentecostal não vai parar por aí

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

ENROLOU-SE SOZINHO

ENROLOU-SE SOZINHO

Certa vez um pombo resolver se alimentar no lixo e, para sua tristeza, ao ciscar naquele lugar impróprio, uma fita de plástico enrolou-se em uma de suas pernas, e ele não conseguia mais alçar vôos normais.

Ficou isolado no alto de um sobrado, até que se enroscou numa antena de televisão, onde deve ter ficado um bom tempo dependurado, se batendo, sem que alguém pudesse socorrê-lo. Quando percebemos, ele já estava morto.

É de maneira semelhante que o inimigo enlaça os nossos pés, se nos ver ciscando no lixo do pecado. Caímos em suas armadilhas, vindo até mesmo a perder a vida.




Livres do laço do passarinheiro.
Salmo 91.3

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

EU SEI QUEM VOCÊ É

EU SEI QUEM VOCÊ É

Todas as manhãs um senhor idoso pegava aquele ônibus lotado e descia em frente à uma clínica. Certo dia, uma moça que sempre o observava, perguntou-lhe: - O senhor trabalha nesta clínica?

- Não, respondeu ele, minha esposa está internada aí. Ela tem o mal de Alzheimer.

- Puxa, lamento muito. E como ela está?

- Não está muito bem. Está com a memória bastante prejudicada. Já nem me reconhece mais.

- Mesmo assim o senhor enfrenta este ônibus lotado todos os dias, somente para vim visitá-la.

- Sim!

- Mas, se ela já não o reconhece mais, nem se lembra das coisas, porque o senhor vem todos os dias?

- Ela já não sabe quem eu sou, mas eu sei quem ela é. Ela não se lembra mais das coisas, mas eu jamais me esquecerei dela.



O amor nunca desanima,
porém suporta tudo com fé,
esperança e paciência.
I Coríntios 13.7

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

O dia da angústia.


O dia da angústia.


O livro do Pregador ou Eclesiastes, nos relata que todos têm dias ou momentos de profunda tristeza.

Mas, no Salmo 50 e verso 15, temos uma recomendação divina para aqueles que oferecem sacrifício de louvor e pagam ao Altíssimo os seus votos: “Invoca-me no dia angústia; eu te livrarei, e tu me glorificarás”.

O escritor aos Hebreus diz que o sacrifício de louvor é o fruto dos lábios que confessam o nome de Deus.

Então, o que vem a ser sacrifício de louvor? São as pessoas que glorificam a Ele com suas boas ações e procedimentos? Sim.

O que temos feito no dia da angústia? Além de ficar estressado, deprimido, angustiado? Estaríamos esquecendo o mais importante que é clamar a quem pode nos socorrer? Não podemos.

José teve vários momentos assim, Jonas clamou no ventre do peixe já perto de sua morte, Sansão pediu força mais uma vez. Ana, com amargura de alma, clamou ao Senhor por um filho e foi atendida. Ezequias clamou a Ele quando lhe foi informado que não viveria mais.E quantos mais provaram esta verdade em suas vidas?

Entretanto, ao ímpio diz Deus: “Que tens tu que recitar os meus estatutos e que tomar o meu concerto na tua boca, pois aborreces a correção e lanças as minhas palavras para detrás de ti?”

Procuremos pois bem ordenar nosso caminho, como diz Asafe, para que possamos ver a salvação de Deus e obter ajuda nos momentos ou dias indesejados!

o último pedido

O ÚLTIMO PEDIDO

Imagine se um dia Deus dissesse:
- Escutem, estou cansado das suas orações. São bilhões e bilhões de pedidos todos os dias, e novos pedidos não param nunca de chegar aos meus ouvidos.
- Façamos o seguinte, a partir de hoje, eu atenderei apenas UM PEDIDO DE CADA SER HUMANO EM TODA A SUA VIDA.
- Portanto, pensem bem, pensem muito bem antes de fazê-lo.

O que você pediria? É certo que muita gente pediria coisas realmente importantes, como, por exemplo, a volta de um filho ou a cura de um doente terminal, mas, certamente, muitas pessoas gastariam seu único pedido em vaidades e ilusões, tais como:



Prazer


Beleza


Riqueza


Fama


Poder
Uma vez, o rei David fez esta oração:


Uma coisa pedi ao Senhor, e a buscarei:
que possa morar na casa do Senhor
todos os dias da minha vida,
para contemplar a formosura do Senhor,
e inquirir no seu templo.
Salmo 27-4

salvo por um copo de leite


SALVOS POR UM COPO DE LEITE!

Um dia, um rapaz pobre que vendia mercadorias de porta em porta para pagar seus estudos, estava com muita fome e só lhe restava uma pequena moeda no bolso.

Decidiu, então, que ao invés de tentar vender, iria pedir comida na próxima casa; porém seus nervos o traíram quando uma encantadora jovem lhe abriu a porta.

Em vez de comida, pediu um copo de água. A mulher percebeu que ele estava com fome e lhe deu um grande copo de leite. Ele bebeu devagar e depois lhe perguntou:

- Quanto lhe devo?
- Não me deve nada - respondeu ela. E continuou: - Minha mãe sempre nos ensinou a ajudar as pessoas.
- Pois te agradeço todo coração, a você e à sua mãe.

O rapaz saiu daquela casa não só refeito fisicamente, mas também com sua fé renovada em Deus e nos homens. Ele já havia resolvido abandonar os estudos devido às dificuldades financeiras que estava passando, mas aquele gesto de bondade o fortaleceu.

Anos depois, essa jovem mulher ficou gravemente doente. Os médicos locais estavam confusos. Finalmente a enviaram à cidade grande, para se tratar.

O médico de plantão naquele dia era o Dr. Howard Kelly, um dos maiores especialistas do país naquela área. Quando escutou o nome do povoado de onde ela viera, uma estranha luz encheu seus olhos e de pronto foi ver a paciente.

Reconheceu-a imediatamente e determinou-se a fazer o melhor para salvar sua vida, passando a dedicar-lhe atenção especial. Contudo, nada lhe disse sobre o primeiro encontro que tiveram no passado.

Depois de uma terrível batalha, eles finalmente venceram aquela enfermidade.

Ao receber alta, ela teve medo de ver a conta do hospital, porque imaginava que levaria o resto da sua vida para pagar por aquele tratamento tão caro e demorado. Quando, finalmente, abriu a fatura, seu coração se encheu de alegria com estas palavras: "Totalmente pago - há muitos anos - com um copo de leite - ass.: Dr.Howard Kelly." Só então ela se lembrou de onde conhecia aquele médico.


"Na vida nada acontece por acaso. O que você faz hoje, pode fazer a diferença em sua vida amanhã."


E não nos cansemos de fazer o bem, porque a seu tempo ceifaremos, se não houvermos desfalecido.
Gálatas 6.9.

rosa ou porco-espinho?


ROSA OU PORCO-ESPINHO?

Certo homem, que nunca tinha visto uma única rosa em sua vida, entrou numa floricultura e comprou um lindo arranjo para dar para a sua esposa, mas, tanto gostou daquelas maravilhosas flores que, posteriormente, comprou umas mudas de roseira e passou a cultivá-las no quintal da sua casa.

A princípio, cuidou muito bem delas, porém, antes que um único botão surgisse em sua plantação, ele ficou abismado com a quantidade de espinhos:
- Como pode uma flor tão linda vir de uma planta tão espinhosa?

Entristecido, abandonou o cultivo e deixou que as plantas morressem por falta d'água.


O amor não se porta inconvenientemente,
não se irrita, tudo sofre, tudo crê,
tudo espera, tudo suporta.
I Coríntos 13.4-7

vasos quebrados


EvangelisticaVASOS QUEBRADOS

Era uma vez um depósito de vasos quebrados.

Ninguém se importava com eles. Eles mesmos não se importavam por estar quebrados, ao contrário, quanto mais quebrados ficavam, mais eram respeitados pelos outros.

Um dia, por engano, um vaso inteiro foi parar no meio dos vasos quebrados, mas, por ser diferente dos demais, de imediato ele foi rejeitado e hostilizado. Justo ele, que tinha uma necessidade miserável de ser aceito.

Tentou se aproximar dos vasos menos danificados, aqueles que tinham apenas a boca rachada, mas, não deu certo. Depois, procurou se aproximar dos vasos que tinham apenas um pequeno furo na barriga, mas, também foi repelido. Tentou uma terceira vez, com os vasos que estavam trincados na base, mas, não adiantou.

Resolveu, então, arranjar umas brigas, esperando conseguir um ferimento, um risco, uma trinca ou, quem sabe, com um pouco de sorte, até um quebrado bacana, mas, naquele lugar, ninguém tinha força bastante para quebrar os outros. Se algum vaso quisesse se quebrar, tinha que fazer isso sozinho.

E foi isso mesmo que ele fez. E conseguiu o que queria, ser aceito no clube dos vasos quebrados.

Ficou feliz, realizado, mas, não por muito tempo, pois, logo começou a se incomodar com uma outra necessidade, a de ser respeitado pelos demais vasos quebrados.

Para isso, teve que ir-se quebrando. E se quebrou em tantos pedaços que voltou ao pó.

E deixou de ser vaso



Não vos enganeis. As más companhias
corrompem os bons costumes.
I Coríntios 15.33