sexta-feira, 18 de novembro de 2011

AINDA QUE CAIA, NÃO FICARÁ PROSTRADO

AINDA QUE CAIA, NÃO FICARÁ PROSTRADO

Paul Wylie estava a patinar nas Olimpíadas de Inverno em 1988 em Calgary. Ele estava nervoso quando iniciou o seu programa perante 20.000 pessoas e uma audiência televisiva de milhões. Então, no seu primeiro salto, algo de errado aconteceu.

Ele escreveu: "Num segundo a minha mão toca no gelo; a lâmina não se segura. Começo a escorregar e agora compreendo: estou a cair. Tudo o que eu ouço ao me estatelar no gelo é o suspiro empático do que parece um milhão de vozes."

Wylie tinha que decidir em menos do que um segundo: Ele podia focar no erro e desistir, ou ele podia continuar a patinar e fazer o seu melhor.

Naquele instante esta passagem veio à sua mente: "Ainda que caia, não ficará prostrado" (Salmo 37:24).

Ele continuou o seu número e decidiu patinar "de todo o coração, como ao Senhor" (Colossenses 3:23). No fim do seu programa a multidão irrompeu num aplauso entusiástico pela sua coragem e determinação.


Como seguidores de Jesus, podemos ser atirados ao chão por um ataque mais forte. Pode morrer uma pessoa querida, ou podemos perder o emprego, ou podemos ser esquecidos para uma promoção. Podemos ser desanimados por uma queda no pecado. Uma coisa é cair e outra, completamente diferente, é desistir. Se nos levantamos de novo, reafirmamos a nossa fé em Cristo, e continuamos a servi-lo, não ficaremos "prostrados."




Ainda que caia, não ficará prostrado,
pois o Senhor o sustém com a sua mão.
Salmo 37.24

Nenhum comentário:

Postar um comentário